Bamberg uma graciosa cidade alemã

Caminho entre Nurenberg e Leipzig, Bamberg é uma autêntica cidadezinha medieval! Ao contrario das demais cidades alemãs, Bamberg teve menos de 10% de imoveis bombardeados na segunda guerra, preservando assim casinhas e prédios intactos de séculos passados.

Bamberg - Arquitetura, pintura com perna de anjo em 3d
Bamberg – Arquitetura, pintura com perna de anjo em 3d

Mais famosa por suas cervejarias que por sua arquitetura, o que é injusto, lá se produz a famosa cerveja “Rauchenmbier”, produzida com malte defumado.
Apesar de darem fama à Cidade, achei que poderia ter mais cervejarias….no centro cerca de 8 ou 9,  mais uma otima que fica na parte alta da cidade.
Alias, o malte defumado característico da rauchen, é fruto de uma situação que, segundo dizem,  ocorreu por acaso: uma das cervejaria sofreu um incêndio e resolveram aproveitar o malte que sobrara,e o resultado foi uma cerveja com forte gosto de defumando.  Minha opinião: eu realmente amo cervejas, mas não gostei da RauchenBier… a mim me parece cerveja com gosto de bacon (arg!) e com “aroma” de… cinzeiro!  Well… mas vale experimentar, né?

Bamberg, a antiga Rathaus
Bamberg, a antiga Rathaus

Mas Bamberg merece mesmo uma visita: as casinhas alemãs, a beira do rio e no centro impressionam, parecem saídas de filmes.
O destaque é sua antiga prefeitura que forma uma especie de ilha sobre o rio que corta a cidade, com estilo enxaimel e com pintura em tecnica que se assemelha ao 2 d, inclusive a perna de um querubim salta, literalmente da pintura, dando realidade maior a tal efeito.
Porem, a Cidade é beeem pequena, acho que erramos na mão ao reservamos 3 dias.
1 dia, no maximo 2, seria suficiente.

Bamberg e casinhas na margem do Rio, pequena veneza
Bamberg e casinhas na margem do Rio, pequena veneza

O que merece ser visto:
– A antiga prefeitura e seu entorno, incluindo a ponta antiga , merece visitas de dia e de noite, quando fica ainda mais linda…
– As casinhas que margeiam o rio, do outro lado, lembra uma “pequena Veneza” por suas bases serem construídas direto no rio e os barcos pararem a porta de casa.
– As as famosas cervejarias, dentre elas a Scherleka (que nao tem decoracao bacana e o atendimento é meio esquisito… deve ser porque é sempre a mais cheia de turista por ter a cerveja mais famosa…), a  Ambräusianum (essa sim com decoracao bacana que se espera de uma cervejaria, tem uma otima Marz e Pilsem). Tem outras, mas as principais sao estas.
– Subir para conhecer a Dom e a nova prefeitura e a Biblioteca, é um conjunto de prédios antigos e definitivamente lindos.
Dali  (numa caminhada para atletas…rsrs) se chega também à Igreja de San Michael e, nos fundos, a Michaelsberg, uma cervejaria com Biergarten, que nos pareceu incrivel, mas que, infelizmente tava fechada…. (ossos do oficio de se viajar em janeiro..) A vista dali é espetacular, deve ser muito bacana se tomar uma cerveja por ali vendo a cidade linda, abaixo.

Bamberg vista da Michaelberg
Bamberg vista da Michaelberg

O centro da neustadt tambem é bacana, lojas ótimas, onde se pode comprinhas sem pressa.
Um pao delicioso se encontra por la tambem, o melhor “pão de farofa” que já comi na vida foi em Bamberg!!!
E uma pequenina dica: próximo as cervejarias, numa ruazinha de tras, tem um hotel/restaurante chamado “Casa da Italia” onde oferecem pizza ou massa por preço justo, com ótima cervejas na pressão, e não fica cheio.
Onde nos hospedamos em Bamberg: num Ibis na Altstadt que realmente NÃO recomendo: pequeno, abafado, sem bar, cafe da manha ruim e mal instalado, um Ibis abaixo da média…apesar de ser bem localizado. (tambem numa cidadezinha do tamanho de Bamberg, o que poderia ser mal localizado, não é?)
Enfim recomendo a visita a Bamberg, só se estiver no seu caminho, como estava no nosso que íamos de Nuremberg para Leipizg, mas, na minha opinião, não vale uma parada com mais de 2 dias nao…pelo menos no inverno!

 

BAMBERG

Clique para conhecer o album de Bamberg:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *