Bate e volta Florença

4 Dias na Toscana, incluindo Florença, Siena, San Gimignano, Pisa e Luca! Veja como!

Se voce pretende ira Florença, mas aproveitar para conhecer algumas cidades da Toscana, a gente tem dicas de como fazer 4 cidades em 2 dias!
E sem alugar carro! Incrível né? mas é vero!
Confira abaixo:

Resumo  – Dicas de Bate e volta de Florença:
Luca
Siena
San Geminigano
Pisa

Bate volta a Siena, San Gimignano e Pisa – Tour de 1 dia 

Contratamos um passeio com a empresa WalkAbout  – e super recomendamos! – que compreendia Tour de 1 Dia incluindo as tres famosas cidades da Toscana:
Siena, San Gimignano e Pisa.
Apesar de parecer muita coisa para um dia, a  logística da empresa é perfeita e, ao mesmo tempo, os centros históricos das cidades são pequenos.
Então saímos às 8h em ponto, em frente a Santa Maria de Novele, a principal estação de trem de Florença.
Pontualidade, ônibus super confortável, sistema de som perfeito (incluindo walk talk nas descidas), uma guia que fala ingles pausadamente e entendia bastante de espanho tambem, apesar do tour ter sido em ingles (creio que no dia que escolhemos o passeio só tinha a opção de tour em ingles, mas nas paradas, ela respondia varias coisas em espanhol que perguntássemos!)

Voce pode estar falando assim: “Ah, mas não gosto de passeios com guias!”
Nós tambem não!  Mas neste caso encare esse tour com uma opcao de fazer 3 cidades num único dia sem precisar alugar carro e com almoço incluido em uma fazenda da Tioscana, que certament deve ser mega dificil de checar por conta própria!

Voltando ao tour: as 8h saimos no ônibus em direção a Siena. Já no trajeto de ida, você começa ver que valeu a pena: paisagens belissimas da Toscana, plantações, vinhedos, girassois, lindo de intercalando montanhas onde se avistava pequenos povoados, as vezes com castelos antigos no meio. Lindissimo! Foi um espetáculo à parte todo o trajeto!

Siena
Siena

Siena – ali a gente “fugiu” da guia para conhecer por conta propria as atrações e simplesmente passear e nos perder pelos becos sem ter que saber tantos detalhes….
Siena e uma graça, com sua praça medieval onde até hoje ocorrem as corridas de cavalos, chamados “palio” . Antes do Renascimentoa, Siena competia com Firenze, perdendo só depois o posto de Cidade mais importante da Toscana. Com comercio aberto, varias lojas de artigos de couro, destando as sandalias artesanais e bolsas,  ainda tinha varias lojinhas de vinho, já que estas cidadezinhas sao o berço do famosa uva Chianti!

San Gemigniano
San Gemigniano

San Gemigniano – Retornamos ao grupo e seguimos de ônibus para San Gemigniano, linda e completamente medieval, conhecida como “Manhattan medieval” por seu grande numeros de torres destacando as “duas torres” que são as mais altas e super conservadas, além dos tradicionais becos e ruazinhas na cidade,  a igreja linda que juntos pareciam ilustrar um conto de fadas!

Almoço em uma fazenda na Toscana: De la o ônibus partiu para uma fazenda no coração da Toscana, na excelente Il Vecchio Maneggio (eles inclusive tem o selo de excelência do TripAdvisor, garantia de bons estabelecimentos!)! Apos parada para conhecermos a plantação de azeitonas e uvas na propria fazenda, fomos conhecer parte dos gados, já que a fazenda produz os próprios queijos e tambem onde se dá a produção do excelente vinho.

Vinhos da Toscana
Vinhos da Toscana

E finalmente, nos dirigimos ao salão de almoço na fazenda que foi autenticament italiano e maravilhoso, superando todas as expectativas! Comecamos com degustação de queijo pecorino, presuntos e salamos acompanhados de bruschetas e pães artesanais e de 3 diferentes tipos de vinho,  sendo 2 tintos, dentre eles o chianti, claro, e 1 branco. Serviram uma massa deliciosa e farta, bem à moda italiana, e o melhor: bom vinho e à vontade!!! De sobremesa os famosos cantuccinis, que sao os biscoitinhos com amendoas, acompanhados com cálice de “vinho santo”, que é a versão italiana de vinho do porto, pelo menos  eu achei!

Pisa
Pisa

Pisa – Um tempo após o almoço, partimos para nosso destino final: conhecer a bela cidadezinha de Pisa e sua famosa torre! foi a parte mais cansativa da viagem, confesso.
Mas chegando em Pisa, valeu a pena!  Descemos do ônibus e seguimos em um trenzinho, único veículo que tem permissão de transitar na parte histórica.
A torre inclinada de Pisa é uma grata surpresa, pois é linda e bem maior que nos parece ser nas fotos! Super bem conservada, as torres branquissimas lembram um bolo de casamento, e é interessante também admirar sua base para perceber o quanto houve de inclinação com o tempo, é de fato espantoso que ela permaneça linda e de pé!
No entorno da torre, ha um espaço gramado grande, com pessoas tomando sol, ou simplesmente admirando a torre e a bela catedral, que compoe o conjunto da torre.
Apos algum tempo para fotos e conhecer este conjunto arquitetonico, novamente embarcamos no trenzinho e fomos para um pequeno tour pela Cidade, com estilo medieval que se destaca pela sua universidade que abrigou o matemático famoso, Galileu Galilei, no áureo centenário do Renascimento, claro! Pisa foi sem dúvida um “gran finale” em nosso tour sde 1 dia.
Parabens a Walkabout!!! Recomendadissima!

Bate volta a Luca

Luca –  No dia seguinte, fomos –  desta vez por conta propria – conhecer Luca, uma das cidadezinhas da Toscana que faltava visitar. Luca é famosa  por sua grande muralha e por seu centro histórico muito arborizado e muito agradável completamente isolado por suas grande muralhas!

Luca
Luca

Tomamos um trem na estação S.M. Novele, em Firenze. Compramos o bilhete nas muitas maquinas da Trenitalia que tem dentro da estação: só observe que é necessário apos comprar, validar o tiquete em pequenas maquinazinhas disponiveis proximo aos “binário”  ou seja, próximo a plataforma.  Ou seja: mesmo que você compre o bilhete mas nao o valide, fica sujeito a multa quando apresentar seu bilhete ao fiscal. portanto não esqueca de apos comprar o bilhete na máquina, validá-lo antes de entrar no trem!
O bilhete de trem para Luca saiu por 7 euros (apenas  ida, para voltar pagamos o mesmo preço em Luca).
Ao chegarmos na estação de Luca, alugamos  numa lojinha ali mesmo as bicicletas e recebemos um mapa da Cidade.
As muralhas são de fato colossais: de um lado um parque verde lindo, e, no outro lado, uma cidadezinha tranquila e medieval protegida pelas muralhas!
Circulamos metade da cidade em cima das muralhas de bicicleta, depois descemos das muralhas e passamos a cortar a cidade pelas ruazinhas do seu centro histórico, com parada para cerveja e para o almoco.

Restaurante em Luca
Restaurante em Luca

Almocamos num pequenino e excelente restaurante que recomendo: L’isola che non c’era que servia o melhor Limonccelo de toda a Itália! E uma massa recheada com nozes inesquecível, também! (apesar que poderia ter vindo mais!) com atendimento simpático nota 10!
Apos o almoco, por volta as 18h retornamos, entregamos as bicicletas (na hora de fechar a loja quase!)e tomamos o trem de volta para Florença.
Mas como nem tudo é perfeito…. esqueci minha camera na loja de Bicicletas. Na verdade esqueci em algum lugar, rezei para que realmente fosse na loja de locação de bicicletas!
Resultado: no dia seguinte, antes de seguir viagem para o nosso proximo destino, Bolonha, tivemos que rodar mais 1:20h de trem de novo e retornar a Luca.
Valeu a pena:minha camera estava mesmo na lojinha de bicicletas! Abracei e agredeci muito o dono da lojinha!!! : )
Perfeito. Só nao recomendaria o mes de junho para visitar uma cidade como Luca: o calor já beira o insuportável e andar de bike não é tao agradável…

Resumo  – Dicas de Bate e volta de Florença:
Luca
Siena
San Geminigano
Pisa

Siena:


San Gimingnano


Pisa:


Luca:


Florença:

5 thoughts on “Bate e volta Florença

  1. Tatiane disse:

    Olá, obrigada pelas preciosas dicas. Fiquei com uma dúvida, como não pretendo ficar em Firenze e sim em Bolonha, será que não teria um tour desse tipo saindo de lá? Obrigada.

    1. admin disse:

      Poxa Tatiana, demorei a ver o Blog, espero que ainda dê tempo. Nao acho que seja tao perto assim para um tour. E Firenze precisa de mais de 1 dia. Ppr que nao passa pelo menos 2 dias em Firenze? Tem esse Ibis longe do centro, mas pelo menos tornaria possivel voce ficar dois dias por la, um lugar so pra dormir mesmo e tal, depois destes 2 dias, voce entao partira pra Bolonha. Bolonha é otima mesmo! Otima escolha a sua!

  2. Tatiane disse:

    Obrigada, dá tempo sim, pois ainda faltam alguns meses para viagem e estou em fase de pesquisa. Decidi ficar em Firenze e irei fazer um bate em volta em Bolonha. Qualquer dúvida, te escrevo novamente. Abraço forte!

  3. Silvia Barreto disse:

    Olá,
    Muito legal seu passeio!
    Estou planejando ir em Março pra Florença.
    Saberia me dizer sobre o clima?
    A locomoção em Florença eh fácil? Da pra andar a pé?
    Como compro esse passeio nas três cidades? Pareceu ser mesmo maravilhoso!
    Obrigada

    1. admin disse:

      Ola Silvia me perdoa a demora em responder, viajei em janeiro e cheguei vendo mil coisas nestes dias, perdão pela demora.

      Florença tem como fazer as principais atrações a pé, pois os museus e jardim de Boboli, a Catedral fica tudo muito próximo sim.
      Nos entretanto nos hospedamos muito mal, longe do centro, de modo que recomendaria se possível você se hospedar mais perto do centro onde se tem os museus e ponte vecchio que vai curtir mais tempo na cidade.

      OS passeios as 3 cidades, compramos na hora de um ônibus de turismo que vimos parado em frente à estacao, compramos na hora o passeio para o dia seguinte.
      Creio que achara vários locais que vendam este combo das 3 cidades.
      E um dia puxado, porque são 3 cidades longe entre si, mas foi suficiente para conhecer, apesar de cansativo
      Mas – se você não tiver com pressa – talvez valha a pena desmembrar e uma cidade por dia, pode ser menos cansativo.
      E o clima, eu não saberia te responder como é por la em março.
      Mas, dei um Google aqui e vi que varia entre 6 e 16º em março, logo, é frio sim.
      Abraços e excelente viagem divirta-se muito!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *