Florença: Toscana 5 dias

4 Dias incluindo Florença, e as cidades da Toscana: Siena, San Gimignano, Pisa e Luca!

Florença habita o imaginário de quem quer que seja que já tenha estudado história e se encante com arte, com ou sem maior conhecimento. E nao é só Renascimento que reporta à Florença, é história do ocidente toda que torna especial essa cidade belíssima, desperando o desejo de visita-la. Talvez até mais de uma vez.

Duomo de Florença
Duomo de Florença

Não só isto: além de ter atrações que certamente nos prenderia dias a fio, veneza está situada na região da Toscana, famosa por sua beleza, gastronomia e cidadezinhas medievais, tornando impossível visitar-se Veneza sem incluir pelo menos 3 ou 4 bate-voltas as Cidades proximas como Siena, San Gimignano, a famosa cidade de Pisa e a bucólica Luca.
Como resolver isto?
Retornando mais vezes a Veneza! : )
Porque Veneza e as cidades da Toscana em seu entorno merecem certamente mais de 4 ou 5 dias.
Mas infelizmente, em nosso caso, foi “o que tem pra hoje”
Fizemos entao 4 Cidades em 5 dias, incluindo Veneza!
Mas, tem uma forma perfeita de como fazer isto!
Vamos la.
Eis o roteiro!

Galeria Uffizi
Vista da Galeria Uffizi

Viemos de Roma de trem para Florença.
Santa Maria de Novele, a principal estação de Florença, por onde chegamos e compramos nosso card de 3 dias de transportes e dali, de onibus nos dirigimos ao Hotel, pois no dia seguinte tinhamos agendando um passeio que comecou cedo!
Não sao nada simpáticos os florentinos, portanto, compre seu card de transporte na tabacaria em frente, sao mais disponíveis que os agentes que trabalham dentro da estação….

Optamos por um hotel Ibis Fireze Nord, distante do Centro, que tornou absurdamente mais econômico a estada, mas, não sei se repetiria esta receita… Honestamente nao recomendo este Íbis nao!
Nao tem onibus à porta, nao tem restaurantes proximos, uma má escolha… mas acontece, vamos seguir adiante!!

1º Dia – Tour às cidades da Toscana:

Siena
Siena

No primeiro dia agendamos previamente um passeio para conhecer em tour as Cidades da Toscana: Siena, San Gimignano e Pisa. Escolhemos a empresa WalkAbout e a recomendamos!
Perfeita, com excelente logística e estrutura, onibus super confortável, guia perfeita e almoço fantástico em uma fazenda da Toscana,nos permitiu em um único dia conhecer estas belas e medievais cidades!
O tour comecava as 8h em ponto, em frente a Santa Maria de Novele.
Dali seguimos de ôninus para Siena: no caminho vimos varias montanhas onde sao extraidos os famosos marmores italianos, vimos inumeras plantações de azeitonas e vinhedos, a Toscana e mega ultra rural, a cada 2 ou 3 kilometros em meio ao verde se avista uma colina com casinhas medievais e castelos antigos, um espetáculo a parte o trajeto!
Ao chegar em Siena outra guia assumiu o grupo, nos contando um pouco da historia de Siena, que ja foi competiu com Firenze antes do Renascimento, mostrando o primeiro banco do mundo, que funciona até hoje, a praça principal onde se realizava os palio e as demais atrações da Cidade, Mas nesse momento saimos do grupo e passamos explorar sozinhas a pequena Siena. Como era cedo os restaurantes comecavam a se preparar, varias lojas vendiam bolsas, sapatos artesanais e vinho! Sim pois o Chianti é desta região entao ha inumeros tipos de vinhos regionais para se experimentar em Siena!!

San Gemigniano
San Gemigniano

Pequenas ruazinhas com seus becos medievais, igrejas lindas e ruazinhas que pareciam ilustrar um conto de fadas!
Após algum tempo, a Guia reuniu o grupo e nos encaminhamos de Õnibus a cidadela de San Gemigniano com suas torres medievais e suas ruazinhas que pareciam ainda estar no séxulo XVI!
Linda, talvez até mais que Siena, por ser um pouquinho mais rústica, San Gimignano encanta a todos! Mas o destaque alem da arquitetura foram os seus gelattos! Os ais deliciosos de toda a Itália!

Nessa hora já dava para tomar um vinho, mas resolvemos esperar até o almoco, que seria em uma fazenda a 40 minutos dali.
O almoço superou expectativas! Espetacular!  Era uma fazenda produtora de vinhos e azeitonas chamada “Il Vecchio Maneggio” (já quando vi o selo do Trip Advisor pensei, que sorte!!) Chegamos e fomos ver brevemente o processo de fabricacao dos vinhos e depois , fomos ao salao do almoco. Que foi sensacional!
Comecamos com degustação de queijo pecorino, presuntos e salamos acompanhados de paes diversos acompanhados de e tipos diferentes de vinho, sendo dois tintos, dentre eles o chianti e um branco.

Pisa
Pisa

Na sequência a massa deliciosa e á moda italiana, muita massa!!! E vinho à vontade!!! E melhor: um excelente vinho!
De sobremesa o cantuccini, biscoitinhos famosos com amendoas com vinho santo, que se toma por la como sobremesa, uma versao de “vinho do porto” da itália!

Dali, felizes apos tantas tacinhas confraternizando com turistas de todo o mundo, seguimos para Pisa, foi a parte mais cansativa da viagem, confesso.
Ao chegar em Pisa, como na cidade nao pode transitar carro ou ônibus, embarcamos no Trenzinho proprio que nos levou à torre.
Outra surpresa pra lá de agradavel: a torre de Pisa é linda! Imensa, muito mais emblemática que nas fotos! Alem da belíssima torre, há ainda uma linda catedral e um imenso jardim oden poderiamos tranquilamente passar o dia inteiro…! Mas apos algumas fotos entramos novamente no trenzinho para fazer um pequeno tour pela Cidade, conhecendo a universidade onde estudou o matematico Galileu Galilei  por volta de 1581. A cidade antiga, repleta de prédios medievais, surpreendeu a todos. Pisa foi sem dúvida um ponto alto no tour diário.
Por volta de 18h retornamos a Florença, registrando aqui nosso elogio a WalkAbout: recomendo muito este tour a quem viaja a Florença!

2º Dia – Explorando Florença:

Duomo
Duomo

Dia seguinte entao fomos conhecer Florença: já na saída da Estação se tem a Igreja de Santa Maria Novele e, poucos metros depois, já se encontra o Duomo a Catedral Santa Maria Del Fiore, cuja cupula, feita com genialidade por Brunelleschi é imensa e foi inspirada no Pantheon! A catedral e espetacular, em grande dimensao, toda revestida com marmores brancos verdes e vermelhos, é de uma beleza  indescritível. E muito, muito, muito grande!!!

Piazza della Signoria é outro ponto centraal de Florença! Ali ao lado da Piazza della Signoria, se tem a Galeria Uffizi e a famosa Ponte Vechio do século 14!
A Piazza della Signoria é de fato um pequeno museu à céu aberto, ali se avista a mais famosa réplica do Davi de MichelAngelo, em tamanho natural  ou seja, de 5,17 metros alem da réplica da Fonte de Netuno e uma alameda coberta com esculturas magnificas.

As fontes de Florença também sao um espetaculo a parte. Em nenhuma outra cidade da europa se vê tantas fontes com água disponivel ao turista como em Roma e Florença!
signoria5E na Piazza Della Signoria podia se escolher agua natural ou a gas! É ou não é um luxo?
Sim  certamente todas as outras cidades do mundo tem suas fontes de agua gratuita, mas em nenhuma outra cidade sao em maior numero ou mais lindas que as fontes de Roma ou Florença: ou você ja viu fila para encher a garrafinha na fonte em frente a outros pontos turísticos? Em Florença, tem!

Há ainda o Palazzo Vecchio, onde está a Prefeitura de Firenze e que ja foi casa dos Medici, os famosos mecenas do renascimento!
Atravessamos a ponte Vecchio entre camelos, lojas de joías e … noivas! Sim em meio a centenas de turistas, uma noiva italiano (quero crer) resolveu fazer ali seu ensaio de casamento, foi uma festa. Turistas aplaudiam e a noiva feliz posava para as fotos nos unicos angulos da ponte vecchio nao preenchido por lojas ou de turistas.
Logo apos atravessarmos a ponte paramos para um chianti numa pequeno estabelecimento com selo TripAdvisor, para mim, sinônimo de coisa boa! Vinho bom e barato com bruschetas!

Jardins de Boboli
Jardins de Boboli

De la, apos algumas taças de vino rosso chianti, fomos ao Palácio Pitti, mais precisamente para conhecer os Jardins de Boboli. Ingresso foi meio caro pelo que oferecia, mas….
Well… os “Giardino de Boboli” a meu ver poderia se chamar os “Parques de Boboli” ja que vi arvores, lagos, belas vistas menos flores…. meio que decepcao!
Para nao perder a viagem total, a gente entrou no museu, ja que estava incluido no ticket, mas muito aquem dos museus que ja tinhamos visto na Italia.
Entao nao demoramos muito.

Piazza Michelangelo
Piazza Michelangelo

No fim da tarde veio o ponto alto: tomamos o ônibus até a Piazza Michelangelo: simplesmente vá! Não deixe de ver o por do sol na Piazza Michelangelo!
Demos sorte alem do fim de tarde azul e lindissimo, ainda havia uma feira de produtos tipicos da Toscana com masas, vinhos, bijouterias, queijos, frios, uma maravilhosa surpresa que rendeu um dia perfeito!
E nao, pessoal, nao vimos ferraris na Italia, exceto para alugar ( 55 euros um rolezinho!) em frente a Piazza Michelangelo, onde vimos tb a maior limousine da Italia!

3º Dia – Florença com museus:

No terceiro dia reser vamos para entrar nos museus, como eram muitos e so tinhamos um dia, optamos pela Galleria degli Uffizi onde estao as joias do renascimento.

Galeria Uffizi
Caravaggio

Ir a Florença sem entrar na Uffizzi é um absurdo, ne? Entao fomos para a fila.
Chegamos por volta de 11h, na fila turistas e cambistas nao faltavam! Apesar do terrorismo imposto pelos cambistas que nos diziam que encarariamos 2h de fila se nao comprassemos com eles o ticket, nao nos rendemos e dentro de 1h aguardando de pé, conseguimos entrar.
Sao 2 andares de museu que guarda realment o que tem de mais famoso no periodo do renascimento! Sequencia de quadros pintados por Leonardo da Vinci, obras de Michelangelo, as mais famosas obras de Caravaggio, Botticelli, enfim: o Museu só deve perder para o Louvre ou o Museu do Vaticano!
Mesmo que voce não goste de artes,. se fica ali umas 3 horas tranquilamente.
Alem das obras, o museu tem linda vista para a Ponte Vecchio de modo que voce acaba passando ali mais tempo que o esperado, logo, reserve uma tarde inteira somente para a Galeria Uffizi!

4º Dia – Bate volta em Luca: 

Luca
Luca

Das cidadezinhas da Toscana faltava ainda Luca, cidade com sua famosa muralha, projegada em meados de 1500 (well… tb achava que era mais antiga, mas…) entao acordamos cedo e tomamos um trem cedinho para Luca: 1:20h depois estavamos na estacao, onde tem a loja de bicicletas.
Alugamos ali mesmo, apesar de achar carissimo a diaria da bike: 12 euros o dia todo! Reclamei, mas nao adiantou…rsrs
Pegamos com o senhor da loja de bicicletas um mapa e partimos para a cidade historica. As muralhas sao imensas e largas e contornam toda a cidade,sao cerca de 4km  de muralhas!
De um lado um parque verde lindo, e do outro lado, uma cidadezinha tranquila e medieval!
Almocamos num pequenino e excelente restaurante, que servia o melhor Limonccelo de toda a Itália! E a melhor massa tambem!
Apos o almoco, por volta as 18h retornamos, entregamos as bicicletas ( na hora de fechar a loja quase!)e tomamos o trem de volta para Florença.
Mas como nem tudo é perfeito…. esqueci minha camera na loja de Bicicletas. Na verdade esqueci em algum lugar, rezei para que realmente fosse na loja de locação de bicicletas!
Resultado: no dia seguinte, antes de seguir viagem para Bolonha tivemos que voltar a Luca, por sorte trilhamos 1h:20 de trem e tivemos sorte: minha camera estava lá! Abracei e agredeci muito o dono da lojinha!!! : )

Resumo dos pontos imperdíveis de Florença:

Ponte Vecchio
Entrar na Galeria Degli Uffizi, (imperdível)
Accademia Florença (onde está o Davi de MichelAngelo)
Piazza della Signoria: onde fica alem da réplica de Davi, de Michelangelo, varias outras esculturas de grandes artistas, (imperdível)
Piazza Duomo: a Catedral de Florença de 1296 tem a cupula de genial de Brunelescchi
Palazzo Vecchio: onde há a prefeitura e ja foi casa dos Medici
Palácio Pitti com os Jardins de Boboli
Igreja Santa Maria Novella
Piazza Michelangelo (imperdível) – Replica do Davi

Dicas de Bate e volta de Florença:

Luca
Siena
San Geminigano
Pisa

Florença:

Bate volta à região da Toscana: San Geminiano, Pizza, Siena e Lucca.

Siena:

San Gimingnano

Pisa:

Luca:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *