Holanda maravilhosa!!!

Holanda: uns dos mais belos lugares que já tivemos a oportunidade de conhecer!

Jardins de Keukenhoff
Jardins de Keukenhoff

Uns dos mais belos lugares que já tive a oportunidade de conhecer foi a Holanda. Inicialmente a idéia era conhecer Amsterdã, uma vez que ficamos maravilhadas com o aeroporto de Schiphol, durante uma conexão rápida voltando de Paris para o Rio de Janeiro. A vista aérea da cidade, além de um verdadeiro free shop de maravilhas da Holanda espalhado por todo aeroporto, nos deixaram animadas a programar a próxima viagem que seria para Amsterdã. Porém, ao planejarmos a viagem, pudemos descobrir outras maravilhas que passariam a fazer parte de nosso roteiro, como por exemplo o parque de Keukenhof na cidade de Lisse, a localidade de zaanse schans e uma apaixonante cidade de pescadores às margens do Mar do Norte chamada Voledam.

Jardins de Keukenhoff
Jardins de Keukenhoff

Pois é, a Holanda não é só Amsterdã. Keukenhof fica a aproximadamente 40 minutos do aeroporto de Schiphol, na cidade de Lisse. O parque em 2014 ficou aberto de 20/03 a 18/05. Você pode ir até o aeroporto de Schiphol e pegar um ônibus especialmente para o parque do lado de fora do aeroporto. Você já paga a entrada do parque junto com a passagem do ônibus, ou, se preferir, pode comprar o ticket de entrada do parque no site www.keukenhof.nl. Agora, falando do parque, é simplesmente maravilhoso. São milhares de tulipas de todas as cores que formam desenhos em canteiros espalhados pelo parque, o perfume e o colorido são deslumbrantes. No parque existe um lago, estufa com flores, bares e restaurantes, toiletes, barraquinhas de morango com chantilly, um peixinho cru que se come com pão e cebola, sandwich de presunto, stroopwafle com café. Tem também um moinho para subir e ver a vista de um campo imenso plantado com tulipas coloridas. Tem passeio de barco, brinquedos para crianças, animais como coelhos e até um bezerrinho. O parque fica aberto apenas 2 meses por ano e é sempre bom consultar o site para ver qual é o período da próxima temporada. Do lado de fora do parque você pode alugar bicicletas para passear em volta dos campos de tulipas.

Zaanse Schans
Zaanse Schans

Agora vamos falar de Zaanse Schans. Como ficamos hospedadas perto da estação de Sloterdijk, foi muito fácil chegar até lá. Simplesmente pegamos um trem de Sloterdijk até a estação de koog zaandijk, em 15 minutos estávamos lá. É um lugar pitoresco, coisa de ver em filmes. Moinhos (acho que uns 12) espalhados pelos campos. Cada moinho tinha um propósito em seu interior. Um deles abriga uma versão vintage do supermercado Albert Heij onde você pode visitar o museu do café e experimentar um café (1 euro) delicioso.Um senhor muito simpático nos atendeu. Em outro moinho você mesmo pode preparar seu chocolate quente e experimentar cookies holandeses, um detalhe é que as atendentes estão vestidas com aquelas roupinhas características holandesas. Outro moinho é uma fábrica de tamancos com diversos modelos e demonstração de como fabricá-los, outro vende mostarda deliciosa além de souvenirs e tem um também que vende azeites. Tem também uma lojinha onde um holandês típico faz na hora stroopwafles quentinhos para você se deliciar. Além disso tudo têm o museu de zaanse schans, vaquinhas, canais, casinhas graciosas, uma lojinha de pães e cookies com uma paisagem maravilhosa rodeando tudo isso. Vamos à Voledam. Voledam é um daqueles lugares que dá vontade de sentar e ficar o dia inteiro apreciando a paisagem e comendo um peixinho aqui, uma batata frita ali e os diversos frutos do mar que o lugarejo oferece. São diversos restaurantes à beira do mar, com barcos e lojinhas de souvenirs e de queijos. Existe uma peixaria (a última da ponta) que frita seu peixe na hora, na sua frente, e você leva para comer sentado em um banquinho vendo o mar. Pois, é, a Holanda não é feita somente de Amsterdã, mas como não falar dessa cidade esplêndida, com seus canais cortando o centro da cidade repleto de bicicletas que dividem as ciclovias com as motos? Amsterdã me surpreendeu. Não vi violência alguma, também não vi policiamento nas ruas. Em dias normais não vi sujeira, vi sim o recolhimento de lixo mais de uma vez ao dia. Também não vi mendigos ou pedintes. Digo em dias normais porque estive lá em um feriado nacional onde se comemora o Dia do Rei e, logicamente uma festa deste porte deixa as ruas sujas. Porém foi uma comemoração super alegre, ordeira, bonita, e que gente bonita! Amsterdã possui museus lindíssimos,cervejas super saborosas, queijos maravilhosos e pessoas amáveis, muito amáveis.

Amsterdã
Amsterdã

Você deve estar se perguntando: e a maconha?; e as prostitutas da Red Light District? É verdade, existe maconha sim, mas fuma quem quer, não é? E quem fuma maconha em Amsterdã não é marginal e não mexe com ninguém. Existem lugares específicos (coffee shops) para fumar a erva. Interessante que esses coffee shops não vendem bebidas alcoólicas. Já as prostitutas estão na Red Light District trabalhando e também não incomodam as pessoas que até circulam por lá para conhecer o local, que fica no centro da cidade. Aconselho a qualquer pessoa que planeje ir à Europa a colocar em seu roteiro a Holanda. Bem, por hoje é só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *