Paris no inverno. Linda em toda estação!

Paris no inverno: Paris é bela em qualquer estação!
Paris é magnifica. Isso é o óbvio. Mas cabe dizer que se ela é belíssima na primavera ou outono, nao perde sua beleza tambem no inverno.
E com uma vantagem: menos turistas!

Paris, Panteão
Paris, Panteão

Paris nao é uma cidade que se vá só uma vez. Isto, cada pessoa que pisa no aeroporto Charles De Gaulle pela primeira vez, sabe de cor e salteado!
Na primeira vez que lá estivemos, em mês de abril, ficamos apenas 5 dias. E tinhamos esse arrependimento. 5 dias mal dá para começar em Paris.
Desta vez, aproveitando as férias de dezembro, resolvemos colocar Paris no roteiro por 7 dias. Na semana antes do Natal.
Pois bem: menos turistas, atrações menos cheias e tempo para rever o Louvre por exemplo (acredito eu que para visitar o Louvre de verdade, mal dá para fazer uma galeria por dia), bairros q2ue nao foram vistos (ou rapidamente vistos) como o Bairro Marais …
E incluir mil outras atrações que ficaram de fora de nossa primeira visita, como o Petit Palais por exemplo… “como pude não ter visitado o Petit Palais ?” me perguntava ao circular por suas belas galerias, e o melhor: com entrada gratuita!

Porem uma desvantagem que tem que ser considerada que eu recomendaria os meses de inverno apenas para uma segunda visita à Cidade Luz: os dias sao beeeem mais curtos! De modo que as 16h já começa a penumbra da noite e as 17h já escurece. Isto significa um tempo menor para se ver a cidade durante o dia.
O frio em si nao vejo como desvantagem, mas isso é de cada um nao é? Basta um bom casaco e algumas paradas para um vinho em um lugar aquecido e pronto! Resolvido!

Paris e suas pontes
Paris e suas pontes

Desta vez ficamos hospedadas em bairro mais agradável, convivendo com parisienses e não com tantos turistas, deixarei a dica: ficamos –  e recomendo – o Cambronne, no 15º , no Hotel Ibis Torre Eiffel Cambronne, que tem vista (timida, ok?) pra torre e com metro na porta para todos os lados.

Hotel muito bom, em boa localização. E mais: nao é preciso sequer tomar cafe da manha no Ibis, ja que na esquina tem uma patisserie maravilhosa, frequentada por locais, onde cada dia provávamos uma delicia da confeitaria francesa diferente, em cada café da manha.

Em dezembro, a decoração de natal da uma magia diferente à cidade (porem decoração de natal mesmoooo, é na Alemanha, não espere muito da França, ok?).

Por outro lado, a Champs Elysee perde um pouco do charme no frio, eu achei…ainda mais que este ano nao teve feira de natal por la….. Well, mas se poder ir ao Louvre sem pegar fila ou pode se subir a Torre Eiffel sem tanta espera, acaba valendo esse pormenor….

Segue fotos e a certeza: tendo possibilidade, Paris é para se voltar em todas as estações do ano!

Nosso roteiro de repeteco a Paris, para visitar em 1 semana com tranquilidade foi mais ou menos o seguinte, sem essa ordem, talvez:

1 dia:
Ponte Alexandre III
Petit Palais” (entrar) grátis
Depois caminhar e rever a “Champs Elisee” e a “Praça de Etoille” e o “Arco do Triunfo“….
Depois, a passada básica pelo “Trocadero” Já no primeiro dia para readmirar a Torre.
E vinhos claro! rsrs

2º dia:
Conhecer o “Pantheon” (nao tínhamos entrado da primeira vez) sai por 9 euros, mas vale a pena tanto pela pungência da arquitetura (tem tb um pendulo de Focault por ali!), quanto por seu subbterraneo onde estao sepultados praticamente todas as personalidades frances e ou seus cônjuges famosos (como é o caso da química, Prêmio Nobel polonesa “Marie Curie”, mais famosa que seu marido francês, cujos restos mortais repousam no Panteão, bem como Sartre, Vitor Hugo, Voltaire, etc…)
Jardim de Luxemburgo” (passear com calma por la)
Rever e passear a toa pela “Quartier Latin” e “Notre Damme” (bem, sejamos sinceros: a Notre Damme e seu entorno, fica bem + bonita na primavera….)
“Praça de La Concorde” (também meio caída no frio… mas permanece linda!)

3º Dia
Um dia só pro “Musée du Louvre“! Visitamos desta vez uma ala de esculturas e a Galeria Egipcia, e nos deliciamos com uma entrada antiga, de quando o prédio ainda era um forte da cidade, coisa que não sabíamos (ver foto) quando fomos da primeira vez.
Vimos também a parte de baixo do Louvre, onde fica a pirâmide invertida e tem um shopping lindo e incrível, que so conseguimos ver dessa vez!
(Sim, tem inflação na Europa, neste 5 anos o museu aumentou de  11 para 15 euros… mas considerando que é o Museu mais incrivel da terra, tava ainda barato ne?)
Depois se sobrar fôlego e ainda nao tiver caido a noite, passear “Jardim de Tuilerie”
Rever a bela “Igreja de Madeleine” (nao entramos, fica pra próxima) e seu entorno….

4º dia
Passamos pelo “Centro Pompidou“, por fora apenas…
E partimos para o “Marais” fomos pela somente desta vez e ficamos encantados! No ultima semana antes do natal muito movimento por la.
Mais de parisienses com sacolas de compras de natal, que de turistas.
Uma coisa interessante que observamos: todos elegantes mas… de preto! Parecia um mega funeral de alguma celebridade em plena rua, se é que vocês me entendem….rsrsrs…a rua cheia, e todos de preto. Impressiona. Ainda bem que nosso casaco não era laranja… imagina destoar? rsrsrs

5º Dia
Escolhemos um domingo de manha e fomos rever a “Torre Eiffel
Depois fomos nos perder por paris, andar sem destino, nos perder pelas margens do Senna,a pé
Andar e se perder pela ilha de “Ponte Neuf” (Ile de La Cité)

6º Dia
Tiramos uma manhã para ir ao “La Defense” que não tínhamos ido, vale MUITO a pena! Tinhamos lido uma otima descrição no “Conexão Paris“, e ficamos atentas a espetacular arquitetura moderna do bairro, que foi concebido também com a missão de levar os escritórios e a vida comercial para “fora” da velha Paris, preservando assim a cidade, sem estancar o desenvolvimento.
Vá ao La Defense e veja com seus proprios olhos como os franceses ‘ mandam bem’ no antigo e tb no novo!!
Revimos a Opera , mas de novo nao entramos.
Ficamos ali perto, tomando um vinhozinho com torradas e queijo ! tambem nao foi mau! rsrrss

7º dia
Rever a “Galeria Lafaiette” (atrás da Òpera) Como nao poderia deixar de ser. Achamos tao diferente e mais bonita a parte de gastronomia, que era mais escondida quando fomos da primeira vez. Está espetacular ( e sim, continua concorrida e cara…rs)
E Revimos o “Molin Rouge” a noite também, por fora.

RESUMO DA ÓPERA:

Falar da beleza de Paris é meio como chover no molhado, mas nossa conclusão é:
Se for visitar Paris pela primeira vez, escolha primavera ou outono…
Mas se for para revisitar Paris, vá em qualquer estação do ano! É sempre magico e bonito!

 

Paris no Inverno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *